A bicicleta cria mercados. Vejam o exemplo pioneiro da fábrica de cosmésticos para corredoras e ciclistas.

Corina Cunha, farmacêutica, desenvolveu as primeiras formulações para uso nos treinos com as amigas Gisele Violin e Renata Chaim. Após constatarem a qualidade dos cremes e loções, protetores solares e outros cosméticos na prática esportiva, juntaram esforços e abriram em 2013 a Pink Cheeks, linha de cosméticos para corredoras e ciclistas, que, apesar do nome em inglês é genuinamente brasileira.

Gisele Violin

As vendas começaram via Internet. Com o sucesso, os 35 produtos agora são encontrados em grandes varejistas esportivas, como Decathlon, e ainda por meio das mais de três mil revendedoras cadastradas.

Corina Cunha

No último ano, a empresa faturou R$3,8 milhões e a expectativa para 2019 é de crescimento de 40%.

As Cheeks estarão na feira Bike Brasil, em agosto, para apresentar aos varejistas do mercado de bicicleta produtos voltados também para homens.

Estão de olho no crescimento do uso das ciclovias em São Paulo estimulada pelos serviços de bicicletas de aluguel.

Renata Chain

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.