Bicicleta e o Covid-19

Editorial do jornal O Globo quer que você pense que todas as ciclovias e ciclofaixas são inseguras

Causa perplexidade o conteúdo do editorial do jornal O Globo publicado na edição de domingo a respeito do boom de venda de bicicletas durante a pandemia. Mostra que a direção do jornal anda confiando a própria opinião a quem sequer pesquisou o assunto direito.

Explico: quem escreve o editorial normalmente é um redator de extrema confiança dos donos. É “a regra do jogo”, segundo o ex-diretor de jornalismo da Folha na década de 70, Claudio Abramo é que tais funcionários escrevam o que os donos mandam. Se pedirem um artigo sobre Jesus Cristo ele dever questionar o dono. “Contra ou a favor”. Em um jornal por ser uma empresa, um manda; outro obedece.

E foi o caso desse editorial capenga de O Globo. O gancho (motivo) foi o aumento de vendas de bicicletas durante a pandemia. Cresceram muito mas para o jornal, as cidades não estão preparadas, (é o título do editorial, por sinal).

Com isso, aproveita-se para atacar tanto o planejamento público dos sistemas de ciclovias de Rio, São Paulo e Distrito Federal, quanto a flexibilização das regras de fiscalização de trânsito promovidas pelo presidente da República.

O que poderia ser uma peça que ajudasse a evoluir o conhecimento da situação do transporte por bicicletas, resultou num texto sem nexo e com erros de apuração. Para o jornal, toda a rede cicloviária de São Paulo ou Rio é insegura, não importa o tamanho.

“Mas nem tudo gira à perfeição nesse mundo de duas rodas. Grandes cidades como São Paulo ou Rio construíram vasta malha de ciclovias e ciclofaixas, mas não conseguiram torná-las seguras”.

Ao ler o texto, pode-se imaginar que o sistema de cicloviário paulistano é grande mas totalmente inseguro. Não é verdade. Quanto mais implanta-se ciclovias e ciclofaixas, mais vai se tornando seguro o transporte por bicicletas. (Em locais onde foram instaladas ciclovias e ciclofaixas, zerou-se o número de mortes de ciclistas).

É certo que aqui em São Paulo há mais ciclovias e ciclofaixas no centro expandido (entre os Rios Pinheiros e Tietê e Avenida dos Bandeirantes) e que poderia haver mais nas periferias, sobretudo nas pontes que cruzam esses rios. Sem elas, o acesso dos bairros ao centro fica limitado.

Mas o sistema funciona e está em expansão, já que a prefeitura estima chegar a 677 quilômetros de infraestrutura ainda no final deste ano (vai atrasar um pouco, devido à pandemia, mas a meta de 177,35 novos quilômetros dessa gestão deve ser cumprida no primeiro trimestre de 2021).

O editorial chega ao ponto de usar uma informação errada (no jargão jornalístico, é uma barrigada) para fazer valer o argumento da insegurança das ciclovias. A cicloativista Marina Harkot não morreu em uma ciclovia. Ela foi atropelada na pista de carro mesmo! Mas o editorialista simplesmente usou a falsa informação para corroborar o argumento de que todas as ciclovias são inseguras.

Veja.

“O atropelamento e morte da ciclista Marina Kohler Harkot, de 28 anos, numa ciclovia na Zona Oeste paulistana na madrugada de 8 de novembro, chocou a cidade e revelou como a segurança dessas vias é precária. Marina, que coordenava a Associação de Ciclistas Urbanos de São Paulo, era uma defensora árdua da atividade”

Tem sido comum, ao menos em São Paulo, jornais de bairro usarem esse argumento para desquelificar a implantação de ciclofaixas. Um jornal do bairro de Pinheiros, usou o argumento da insegurança para desqualificar a ciclofaixa na avenida Rebouças.

O fato é que o cicloativismo tem agido para aumentar a segurança das ciclovias. Coletivos de ciclistas de São Paulo têm realizado vistorias técnicas com a CET, órgão de trânsito da cidade, para identificar problemas e apontar soluções. As visitas têm sido conduzidas pela Câmara Temática da Bicicleta, órgão anexo ao Conselho Municipal de Transportes e Trânsito.

São Paulo, por mais atrasado que esteja, possui um Plano de Mobilidade, que é uma política pública do município a ser seguida por qualquer governo. Ele traz as metas da cidade para mobilidade e mesmo a administração Covas tem que segui-la. Por conta dela, a cidade tem meta de ultrapassar os 1.800 quilômetros ao final de 2028. Mesmo os atuais 600 quilômetros já garantem segurança para quem pedala neles. Insegurança é não ter ciclovia.

É lamentável que um veículo de imprensa da magnitude de O Globo baseie a opinião dos donos em mentiras e meias-verdades. Uma pesquisa simples poderia evitar, ao menos os erros grosseiros e, ao assim deixar de lado o achismo e se basear em fatos concretos.

RV

Foto de abertura: Ciclofaixa da Avenida Rebouças – São Paulo – Novembro 2020 – Crédito Rogerio Viduedo

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.

Silvia e Nina

de BICICLETA todos os dias pela cidade de São Paulo desde 1989

Bicicletismo

O primeiro site sobre bicicleta & ciclismo em Foz do Iguaçu - PR

Revista Bicicleta

Viva a bicicleta!

Emotional Cycling

Redescobrindo emoções através do ciclismo.

VIVIMETALIUN

Pensamos demasiadamente e sentimos muito pouco. Necessitamos mais de humildade que de máquinas. Mais de bondade e ternura que de inteligência. Sem isso, a vida se tornará violenta e tudo se perderá. Charles Chaplin.

Bicicletada Curitiba

A rua é de todos!

BICYCLE DUTCH

All about cycling in the Netherlands

Europe Bike Travel

Sharing Experiences traveling by bicycle.

Bike Zona Sul

Nosso norte é o Sul!

Bike aos pedaços

Notícias do mundo da bike, avaliações, informações, lançamentos, dicas e novidades

Depressão com Poesia

SOBRE SAÚDE MENTAL E POESIAS

Humberto Abdo

Repórter cultural em São Paulo

maismaismedicina

blog para a divulgação e discussão de temas médicos de interesse geral

Jornal Bicicleta

Notícias sobre cultura e mercado da bicicleta

Discover

A daily selection of the best content published on WordPress, collected for you by humans who love to read.

Longreads

The best longform stories on the web

The Daily Post

The Art and Craft of Blogging

The WordPress.com Blog

The latest news on WordPress.com and the WordPress community.

%d blogueiros gostam disto: