Em duas pontes de Nova York, prefeitura vai trocar faixa de carros por ciclofaixas e melhorar acessibilidade de pedestres

Ativistas de Nova York conseguiram uma importante vitória. Na quinta-feira, 28 de janeiro, durante um discurso, o prefeito Bill de Blasio anunciou que vai retirar uma faixa de rolamento de automóveis nas duas principais pontes da cidade para criar, em cada uma delas, uma ciclofaixa bi-direcional segregada dos automóveis.

Essa medida vai acontecer nas pontes do Brooklyn e do Queens, dois dos principais acessos para Manhattan. Juntas com a ponte de Williamsburg, elas recebem diariamente mais de 20 mil pedestres e 19 mil ciclistas que as cruzam para chegar em Manhattan, região central da cidade.

A vitória é parte de um longo trabalho de ativismo encabeçada pela Transportation Alternatives(TA) que, junto com outras entidades, criaram o movimento #bridges4people, na tradução, pontes para pessoas. Segundo os ativistas, não é justo que as pontes só destinem o equivalente a uma faixa de automóveis para compartilhamento entre pedestres e ciclistas enquanto carros possuem até nove faixas .

Melhorar a acessibilidade de pedestres e ciclistas nas pontes de Nova York pontes é luta antiga e essa necessidade foi acentuada durante a pandemia de Covid19, já que muitos habitantes da cidade deixaram os trens e ônibus de lado e passaram a pedalar e caminhar mais para evitar o contágio pelo novo Coronavírus.

Segundo a TA, o tráfego de bicicletas nas pontes do East River aumentou 22,7% em julho de 2020 em relação a julho de 2019 e 55% em novembro de 2020 em relação a novembro de 2019. “Com a reabertura da cidade de Nova York (no pós-pandemia), mais pedestres e ciclistas cruzarão as pontes”, diz o site do movimento.

O anúncio de Bill de Blasio mereceu uma matéria do jornal The New York Times. “As ciclovias são a última vitória de ciclistas e defensores desse transporte que, cada vez, mais pressionam De Blasio – um democrata em segundo mandato -, a destruir a arraigada cultura automotiva que dominou os mais de seis mil quilômetros de ruas da cidade”, escreveram as repórteres Emma G. Fitzsimmons e Winnie Hu, especializadas em cobertura de transportes e política do jornal.

Reportagem do New York Time publicada em 28 de janeiro de 2021

Durante o mandato de oito anos do prefeito De Blasio, foram construídos cerca de 200 quilômetros de novas infraestruturas cicloviárias como parte do plano de criar mais de dois mil quilômetros de vias para ciclistas separadas de carros para que a cidade tenha a maior infraestrutura ciclo viária dos Estados Unidos.

Bill de Blasio fez o anúncio das novas infraestruturas durante o discurso anual que prefeitos da cidade fazem em janeiro, o State of City. Ele apresentou o programa, Reconstrução para todas nós (Recovering for all of us), que apresenta um plano audacioso com propostas e planejamento para humanizar as ruas, diminuir a poluição e deixar a cidade mais sustentável.

“É hora de trazer as pontes para o século 21 e abraçar o futuro com um novo plano radical. Na ponte do Brooklyn, baniremos os carros da pista mais interna do lado destinado a Manhattan para transformá-la em uma via de mão dupla e transformar o espaço de passeio compartilhado existente em um espaço apenas para pedestres”

Bill de Blasio

“Essa notícia não poderia ter chegado antes, pois mais pessoas passaram a depender das bicicletas durante a pandemia”, disse Ben Kallos, um vereador de Nova York que representa o distrito do Queens. “A única pista compartilhada na ponte de Queensboro ficou mais lotada e perigosa.” explicou ele para as jornalistas referindo-se ao aumento de pessoas na ponte por causa da pandemia. Em 28 de setembro do ano passado, ativistas protestaram na ponte por mais espaço

Vídeo do StreetsFilm: em 28 de setembro de 2020, ativistas protestaram na ponte Quenssboro reclamando por mais espaço para ciclistas e pedestres.

Crédito da foto de abertura, Rogério Viduedo. Ponte do Brooklyn (fevereiro de 2013)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.