Cali, na Colômbia, prioriza a bicicleta como transporte na retomada das atividades pós-coronavírus

Nesta segunda-feira, a prefeitura de Cali anunciou as medidas para retomar as atividades na cidade.

Em relação ao transporte, de forma a continuar com o distanciamento social para evitar novos contágios, o uso da bicicleta terá prioridade e todas as faixas à direita de ruas e avenidas poderão e deverão ser usadas por ciclistas.

E isso não vai impedir que a cidade implemente novas ciclofaixas temporárias.

Também haverá incentivos econômicos para quem usar a bicicleta no deslocamento a trabalho e aumentará a oferta gratuita de bicicletas compartilhadas.

As ações para aumentar a mobilidade sustentável tomadas pela prefeitura colombiana é o sonho de consumo de ativistas da cidade de São Paulo. Na sexta-feira passada, a Câmara Temática da Bicicleta, órgão vinculado ao Conselho Municipal de Trânsito e Transportes da capital, enviou um oficio ao prefeito Bruno Covas, solicitando informações sobre o andamento das obras de novas ciclovias, prometidas no final do ano passado e pedindo ações que acalmem o tráfego nas ruas em face do aumento das mortes em março geradas pela violência de trânsito.

A ofício também pediu ações da prefeitura para incentivar o uso da bicicleta na cidade, principalmente com a regulamentação do Bike SP, uma lei municipal sancionada em 2016 que permite aos ciclistas receberem ajuda financeira no caso de deslocamento para o trabalho de bicicleta. A lei, no entanto, nunca saiu do papel.

O ofício pode ser acessado a seguir.

1 comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.