covid-19

São Paulo não terá ciclovias emergenciais, mas Belo Horizonte já tem

Na última reunião da Câmara Temática da Bicicleta, a secretária de Mobilidade e Transporte da cidade de São Paulo, Elisabete França, informou que a cidade não tem condições de implantar ciclovias temporárias. A pandemia teria impactado o orçamento para mobilidade em menos R$ 1 bilhão.

Assim, não haveria dinheiro para implantação de estruturas operacionais, que é o nome dado pela área técnica da CET para este tipo de serviço nas ruas. Elas “demandam montagem e desmontagem, aumento da equipe de campo e material de canalização”, informou a secretária sobre a demanda de ciclistas enviada logo que começou a pandemia.

São Paulo não é Paris; e nem Belo Horizonte

A prefeitura de Belo Horizonte, no entanto, vê a implantação de ciclovias emergenciais como um investimento na saúde da população. Desde segunda-feira, 13 de julho, começou a operar uma ciclovia emergencial que liga a parte mais pobre da cidade, na zona oeste com o centro e zona leste. A justificativa da gestão municipal é oferecer uma opção para quem trabalha em serviços essenciais e precisa se deslocar de bicicleta.

É a primeira cidade a implantar uma estrutura dessas de forma efetiva, observando as recomendações da Organização Mundial da Saúde e seguindo as tendências de uso de bicicleta em outras cidades no mundo, como em Paris e Cali.

Twitter da BH Trans mostra trechos das ciclovias temporárias

“São cerca de 30 km de extensão, entre trechos de ciclovias já existentes e as ciclofaixas temporárias ligando a região do Barreiro à avenida dos Andradas, no bairro São Geraldo. Em uma segunda fase, a prefeitura estuda a integração de mais 4,7 km de ciclofaixa no trecho da avenida Teresa Cristina, localizado no município de Contagem”, informa a nota da BH Trans.

Ativistas alertam para insegurança em certos trechos

Segundo o press release da prefeitura, “as ciclofaixas temporárias têm sinalização com pinturas, cones e balizadores delimitando a área destinada ao tráfego das bicicletas”, mas na prática a situação enfrentada por quem já passou pelos locais é bem diferente,

Ativistas apontam que a estrutura é precariamente sinalizada e coloca em risco a vida de ciclistas. O principal deles é que a faixa do tipo bidirecional (mão dupla), mal sinalizada e com largura menor do que as recomendações técnicas.

“Apesar da participação dos ciclistas nas vistorias e sugestões encaminhadas, há diversos pontos perigosos e sem o devido tratamento para a ciclofaixa temporária” diz Vinicius Figueiredo em um grupo de ativistas.

Ele explica que em estruturas de mão dupla a largura recomendada pelo Caderno Bicicleta Brasil é entre 2,5 e 3 metros. ” Há pontos com menos de 1,5 metro de largura, com sinalização horizontal de mão dupla para ciclistas. Sem cones delimitando, sem redução de velocidade dos motorizados, sem reconfiguração das faixas na via” ressalta.

O jornalista e ativista Gil Sotero, contou por telefone que a ciclovia temporária já devia ser permanente há muito tempo, pois ela atende uma região mais pobre na zona oeste, onde a população sofre com a precariedade do transporte público.

“Ainda assim é melhor do que nada, visto que o atual prefeito (Alexandre Kalil do PSD, filho do ex-presidente do Atlético Mineiro) nunca havia dado atenção para a mobilidade por bicicleta. Existem projetos prontos e aprovados para novas ciclovias mas ele nunca fez nada”.

Outro problema a ser enfrentado, diz Sotero, é a falta de cultura da população para o uso de bicicletas com o transporte. “Mesmo quem pratica o mountain bike entende que a cidade não foi feita para pedalar por causa dos morros”, aponta. Os trechos da estrutura temporária, no entanto, estão em terreno relativamente plano.

Estacionamento proibido, sinalização precária

A falta de cultura é ainda maior em relação ao respeito de motoristas pelas faixas destinadas à bicicletas. Apesar da BH Trans estar com uma campanha de conscientização em curso, motoristas têm estacionado irregularmente nas ciclofaixas, como mostra Helio Filho em vídeo publicado hoje no You Tube.

Trecho da ciclofaixa mal sinalizado: insegurança para ciclistas

Ele percorreu todo o trajeto e mostrou locais onde há estreitamentos de ciclovia, estacionamento irregular de veículos e falta de sinalização. Vale conferir.

A Associação de Ciclistas de Belo Horizonte – BH em Ciclo foi procurada para comentar a iniciativa da cidade mas preferiu não emitir opinião no momento, pois estão produzindo um relatório detalhado a ser divulgado ainda nesta semana.

Hélio Filho percorre ciclovia temporária.

—————————————–

Foto de abertura: fiscalização da ciclofaixa na Rua Tamoios, no centro de Belo Horizonte no dia 13/07/2020. Crédito BH Trans.

1 comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.

Silvia e Nina

de BICICLETA todos os dias pela cidade de São Paulo desde 1989

Bicicletismo

O primeiro site sobre bicicleta & ciclismo em Foz do Iguaçu - PR

Revista Bicicleta

Viva a bicicleta!

Emotional Cycling

Redescobrindo emoções através do ciclismo.

VIVIMETALIUN

Pensamos demasiadamente e sentimos muito pouco. Necessitamos mais de humildade que de máquinas. Mais de bondade e ternura que de inteligência. Sem isso, a vida se tornará violenta e tudo se perderá. Charles Chaplin.

Bicicletada Curitiba

A rua é de todos!

BICYCLE DUTCH

All about cycling in the Netherlands

Europe Bike Travel

Sharing Experiences traveling by bicycle.

Bike Zona Sul

Nosso norte é o Sul!

Bike aos pedaços

Notícias do mundo da bike, avaliações, informações, lançamentos, dicas e novidades

Depressão com Poesia

SOBRE SAÚDE MENTAL E POESIAS

Humberto Abdo

Repórter cultural em São Paulo

maismaismedicina

blog para a divulgação e discussão de temas médicos de interesse geral

Jornal Bicicleta

Notícias sobre cultura e mercado da bicicleta

Discover

A daily selection of the best content published on WordPress, collected for you by humans who love to read.

Longreads

The best longform stories on the web

The Daily Post

The Art and Craft of Blogging

The WordPress.com Blog

The latest news on WordPress.com and the WordPress community.

%d blogueiros gostam disto: