ciclovias

Listas oficiais de manutenção de ciclovias em São Paulo trazem incertezas para permanência de certos trechos

Ciclovias como a da Avenida Doutor Cândido Motta Filho, no Rio Pequeno, (foto) não estão na lista das requalificações

Conseguimos via Lei de Acesso à Informação uma parcial explicação da Secretaria de Mobilidade e Transportes da Prefeitura de São Paulo em relação ao Plano Cicloviário. Ela cumpriu todos os prazos determinados na lei mas não respondeu duas das principais perguntas: quais serão as ciclovias que não sofrerão manutenção e quais são aquelas que serão eliminadas na cidade?

A Lei de Acesso à Informação permite que qualquer cidadão peça informações dos governos sobre qualquer coisa que se queira saber em relação ao uso do erário, do cumprimento de leis ou políticas públicas.

A secretaria enviou três tabelas (links abaixo) que devem ser mantidas salvas nos celulares dos cicloativistas para conferirem se as obras estaõ sendo realizadas e ainda para saber se uma ciclovia ou ciclofaixa específica do bairro não corre o risco de ficar de fora.

Um exemplo é a existente na avenida Dr. Cândido Motta Filho, no Rio Pequeno. Será que será ser apagada?

Ela é uma das que podem sumir da malha cicloviária por conta da intolerância dos comerciantes locais.

Outras que correm o risco serem apagadas de acordo com reportagem do R7 estão no Ipiranga e Vila Mariana, reduto eleitoral do vereador Dalton Silvano. Ele pede a retirada das ciclovias nas ruas da Glória (com Conselheiro Furtado) no Cambuci, Calixto da Mota até a avenida Ricardo Jafet, e rua Madre Cabrini (toda a extensão), na Vila Mariana, e nas ruas Marquês de Lages, Max Berg e Abagiba, na Vila das Mercês, além das ruas Anatole France, Antônio Calandriello e Elba, no Moinho Velho. Elas incomodam os eleitores do vereador Dalton Silvano, que enviou a lista no mês passado para o prefeito Bruno Covas. Ele diz que “ninguém as usa”.

Ao fazer um cruzamento de dados nas tabelas que contém nomes de logradouros com ciclovias as serem requalificadas, percebemos falta de precisão. Das ruas citadas acima, só Anatole France e Elba constam no documento oficial para serem requalificadas, mas isso não permite inferir que as restantes serão apagadas.

A ciclofaixa da Rua Jaguaré, por exemplo, acabou de ser reformada e não consta nas listas enviadas pela Prefeitura. Ela liga as ciclofaixas da avenidas General Mac Arthur e Miguel Frias e Vasconcelos (que também sofreu manutenção e não aparece na lista)

A manutenção dessas ciclofaixas deveriam estar listadas na tabela Requalificação de Ciclovias, que discrimina quais os logradouros já foram requalificados, o nome das empresas contratadas, o valor total da obra e os valores já pagos.

Um dos motivos para esse lapso da Secretaria de Transportes é que na região do Jaguaré, todas as ciclofaixas foram agrupadas em subgrupos, neste caso, denominadas como Ciclofaixa Jaguaré, trechos 1, 2 e 3.

As manutenções das ciclovias do Jaguaré são de responsabilidade da Soebe Engenharia. Em um contrato de R$ 6,86 milhões, a empreiteira está reformando 23,5 quilômetros de ciclovias e ciclofaixas no Centro, Pinheiros, Jaguaré e Lapa.

As ciclofaixas da Rua Jaguaré e avenida Miguel Frias e Vasconcelos não aparecem na lista mas já sofreram requalificações
Trabalhadores colocam tachões na avenida Miguel Frias e Vasconcelos em 11 de outubro de 2019.

Baixe as tabelas enviadas pela |Prefeitura

Infraestrutura cicloviária implantada – Contém todas as vias existentes na cidade.

Infraestrutura cicloviária – manutenção Lista com as ciclovias e ciclofaixas que serão requalificadas ou construídas em 2019/2020.

Requalificação de ciclovias – Lista os trechos já realizados com o nome das empreiteiras e valores total e já pago pelas obras.

Abaixo, a resposta da secretaria sobre as solicitações.

Prezado Munícipe;

Em resposta a sua solicitação, esclarecemos, por primeiro, que a cidade de São Paulo conta atualmente com 503,6 km de vias com tratamento cicloviário permanente, sendo: 130,2 km de ciclovias; 343,1 km de ciclofaixas e 30,3 km de ciclorrotas. 

O mapa da infraestrutura cicloviária da cidade, aliás, com as ciclovias, ciclofaixas, ciclorrotas, estacionamentos de bicicletas, bicicletários e paraciclos – contendo o número de vagas e o responsável pelo equipamento inclusive, assim como as vias implantadas, dados de quilometragem e até mesmo a data das suas respectivas inaugurações, se encontra disponível para consulta pública no site da CET – Companhia de Engenharia de Trafego (http://www.cetsp.com.br/consultas/bicicleta/mapa-de-infraestrutura-cicloviaria.aspx), cujos dados são atualizados semanalmente, possibilitando, assim, o seu acompanhamento e o download propriamente dito do aludido mapa em formato “shapefile”.

No sítio da gestão urbana abaixo (artigo 20, do Decreto nº 53.623/2012), por sua vez, o senhor poderá ter acesso aos mapas com as estruturas que passarão pela requalificação, bem como as conexões que serão implantadas no biênio 2019/2020. O objetivo estratégico 12 do Programa de Metas, importante dizer, propõe a requalificação de 310,6 km de estruturas cicloviárias e a implantação de 173,35 km de novas estruturas, com vistas à promoção de segurança viária, à garantia de funcionalidade e de conectividade da rede, e, principalmente, para o estimulo da multimodalidade. https://participe.gestaourbana.prefeitura.sp.gov.br/#/plano-cicloviario

De toda forma, a fim de auxiliá-lo na obtenção das informações almejadas, encaminhamos em anexo tabela da infraestrutura cicloviária existente, e a tabela descritiva da infraestrutura do programa de manutenção.

Por fim, anexamos também, tabela de requalificações cicloviárias disponibilizada pela Assessoria Técnica desta Pasta, contendo, dentre eles, o nome das empresas contratadas, o valor dos contratos e os valores efetivamente já pagos pela Municipalidade.

Agradecemos o seu contato, colocando-nos a disposição para novas comunicações.

Atenciosamente,

Chefia de Gabinete
SECRETARIA MUNICIPAL DE MOBILIDADE E TRANSPORTE DE SÃO PAULO

1 comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.

Silvia e Nina

de BICICLETA todos os dias pela cidade de São Paulo desde 1989

Bicicletismo

O primeiro site sobre bicicleta & ciclismo em Foz do Iguaçu - PR

Revista Bicicleta

Viva a bicicleta!

Emotional Cycling

Redescobrindo emoções através do ciclismo.

VIVIMETALIUN

Pensamos demasiadamente e sentimos muito pouco. Necessitamos mais de humildade que de máquinas. Mais de bondade e ternura que de inteligência. Sem isso, a vida se tornará violenta e tudo se perderá. Charles Chaplin.

Bicicletada Curitiba

A rua é de todos!

BICYCLE DUTCH

All about cycling in the Netherlands

Europe Bike Travel

Sharing Experiences traveling by bicycle.

Bike Zona Sul

Nosso norte é o Sul!

Bike aos pedaços

Notícias do mundo da bike, avaliações, informações, lançamentos, dicas e novidades

Depressão com Poesia

SOBRE SAÚDE MENTAL E POESIAS

Humberto Abdo

Repórter cultural em São Paulo

maismaismedicina

blog para a divulgação e discussão de temas médicos de interesse geral

Jornal Bicicleta

Notícias sobre cultura e mercado da bicicleta

Discover

A daily selection of the best content published on WordPress, collected for you by humans who love to read.

Longreads

The best longform stories on the web

The Daily Post

The Art and Craft of Blogging

The WordPress.com Blog

The latest news on WordPress.com and the WordPress community.

%d blogueiros gostam disto: