Sabe quem ganhou a etapa brasileira da Copa do Mundo de MTB que rolou em Petrópolis?

No último final de semana aconteceu em Petrópolis (RJ) a primeira etapa de 2022 da Copa do Mundo de montain bike (MtB) promovida pela UCI e patrocinada pela Mercedes-Benz. A última vez que essa copa foi disputada no Brasil foi 17 anos atrás. Escolheram Petrópolis por ser a terra natal do Henrique Avancini, um dos poucos brasileiros que se destacam nesse esporte quase imperceptível no Brasil. Ele já foi campeão mundial uma vez.

Ao invés dos resultados, o que que dominou as redes sociais foi a tentativa de transformar Avancini em herói ao estilo Ayrton Senna – piloto de Fórmula 1 da década de 1990 que foi exaltado quando venceu um GP de Interlagos apenas com a quinta marcha do seu McLaren. O problema é que Avancini só obteve o quarto lugar na prova de cross country curta distância de sexta-feira, que vencida pelo jovem sul-africano Alan Haterly.

Sul-africano vence a prova de curta distância. Avancini ficou em quarto

Mais longe ainda foi a colocação na competição especialidade do ciclista brasileiro, o Cross Country Olimpico (XCO). Nela, o suíço Nino Schurter (1h26m46s) chegou em primeiro e Avancini ficou em 13º lugar (1h29m38s). Resultado não tão ruim, uma vez que 86 atletas completaram a prova.

Os colegas jornalistas, no entanto, destacaram a emoção do atleta, que chorou ao término da competição.

Avancini é festejado pelos torcedores: emoção: crédito Michal Cerveny

Dentre as mulheres, a melhor brasileira colocada esteve na prova de elite do XCO abaixo dos 23 anos. Giuliana Morgen (1h06m27s) chegou em quinto lugar com a francesa Line Burquier em primeiro lugar e tempo de 1h00m22s.

Giuliana Morgen, melhor classificação entre as mulheres brasileiras na elite do MtB

Na elite feminina da prova de curta distância foi Isabella Lacerda, com o 33ª lugar e tempo de 00h22m03s. A vencedora foi a francesa Paulinne Prevot com tempo de 00h19m55s. E no XCO (longa distância olimpica) a vencedora foi a australiana Rebecca McConnell, com o tempo de 1h29min41. A melhor brasileira foi Raiza Henrique no 31º lugar e tempo de 1h40m56s.

Luiza Coccuzzi – crédito Daniel Braga

Paralelamente ao evento sênior, houve a Copa do Mundo júnior onde teve brasileiro em primeiro lugar com Eike Leôncio, que completou o percurso olímpico de cross country em 00h56m29s (foto da abertura Daniel Braga) outros dois brasileiros pontuaram entre os dez primeiros. Entre as mulheres, a Luiza Cocuzzi ficou em segundo lugar em uma prova que contou apenas com sete competidoras, a maioria de brasileiras e foi vencida pela argentina Julieta Venturella.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.