A secretaria de transportes do João Dória nega que Metrô e CPTM iam encerrar em 1/11 o horário especial (10/16h) para levar bikes nos trens

A Secretaria de Transportes Metropolitanos do governador João Dória (PSDB), por meio da coordenadora de comunicação, Thais Antonelli, negou ter autorizado qualquer ação oficial de comunicação para funcionários ou usuários de trens da CPTM, Metrô, Via Mobilidade e Via Quatro sobre a revogação, a partir de 1º de novembro, do horário especial para transporte de bicicletas que está em vigor desde 25 de junho de 2020 e permite que ciclistas acessem vagões das 10 às 16 horas de segunda à sexta-feira e durante todo o sábado.

Mas ficou a dúvida no ar, pois desde sábado 24/10, pipocaram relatos de ciclistas que usam trens e estações sobre alertas que receberam por diferentes canais de comunicação dessas empresas. Todos eles informavam da “volta ao normal” no transporte de bicicletas dentro de trens metropolitanos a partir de novembro.

No sábado, 24/10, o diretor da Aliança Bike, Daniel Guth, confirmou ter visto um cartaz na bilheteria da Estação da Luz enquanto que Jean Carlos Martins do Vale, membro da Câmara Temática da Bicicleta, órgão ligado ao Conselho Municipal de Trânsito e Transportes da Capital (CMTT), informou ter sido abordado por funcionário da Estação São Mateus do Metrô para comentar a decisão, detalhando que todo o corpo de guardas já tinha sido instruído sobre a nova (velha) medida, ou seja, bike só a partir das 21h, durante a semana e a partir das 14h do sábado, ficando assim até fechar no domingo.

No entanto, na segunda-feira 26/10, uma pessoa ligada à Ciclocidade questionou a veracidade de um post que publicamos no Instagram e Twitter. “A STM não confirmou a info, qual é a fonte?”

De fato, há uma inconsistência: no cartaz no qual o horário antigo está a partir das 20h30, mas nos sites do Metrô e CPTM, a informação é que a entrada de bikes pode ser feita depois das 21 horas.

Para me certificar e corrigir a informação, dediquei a terça-feira para confirmar com as fontes. Além disso, fiz nova checagem dos relatos e pedalei até à Estação Presidente Altino da CPTM, em Osasco. Lá, uma pessoa funcionária não só confirmou que a equipe já estava toda orientada quanto à revogação dos horário especial para bicicletas em primeiro de novembro como revelou que receberam no dia anterior uma ordem de parar qualquer comunicação ou procedimento.

Cartaz visualizado nas estações. Qual é a fonte?

“A gente já estava com o AP (aviso ao público) pronto para ser usado no sistema de som, mas mandaram suspender a veiculação”, revelou o ferroviário que inclusive elogiou a comunidade de ciclistas por terem conseguido reverter a situação.

A certeza de que havia uma operação coordenada sobre a volta ao horário normal para bicicletas nos trens da CPTM e Metrô aconteceu para mim quando recebi do Luiz Andrade, outro ativista da bicicleta da Capital, o relato sobre o contato que ele fez no 0800 do Metrô, também na terça-feira e que resultou na mesma informação: a partir de novembro, os horários para bikes nos trens voltariam ao “normal”.

Ambiguidade: na terça, Metrô informa sobre a volta ao normal. Na quinta, informa que ainda não recebeu a confirmação.

Hoje 28/10, eu mesmo liguei para o serviço e perguntei ao atendente Daniel sobre a a existência dessa comunicação e qual era a informação oficial para novembro. “Ainda não tem nada definido, teria que esperar e ligar de novo para ver como vai ficar”. O áudio pode ser ouvido a seguir.

0800 do Metrô informa que horário da pandemia para bicicletas nos trens da CPTM e Metrô será mantido

Não é a primeira vez que a STM volta atrás em decisão impopular contra ciclistas. Logo no início da pandemia, a CPTM e o Metrô resolveram fechar todos os bicicletários para atender medidas de isolamento social, o que só foi revertido graças a perspicácia da repórter Maria Manso, da TV Cultura, que levou a informação ao governador João Doria (PSDB) durante uma das coletivas de imprensa  do comitê de crise da pandemia.

Captura do site da CPTM: sem alterações nos horários para bicicletas na pandemia: nos dias úteis, das 10 às 16h e depois das 21 horas.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.