bicicletas elétricas

Boston evita bicicletas elétricas no sistema de compartilhamento público

Por Christian MilNeil – do StreetsBlog MASS

Durante o verão no hemisfério norte, as bicicletas elétricas com pedal assistido proliferaram nos principais sistemas de compartilhamento público dos Estados Unidos e Canadá: na cidade de Nova York, o Citibike lançou 250 novas e-bikes em fevereiro e tem se esforçado para adicionar outras em resposta à forte demanda; A Divvy, empresa de bikeshare de Chicago, lançou as primeiras bicicletas com pedal assistido em julho; em Portland, Oregon, a Lyft, a nova operadora do sistema Biketown, anunciou planos para substituir toda a frota de compartilhamento de bicicletas da cidade por 1.500 novas e-bikes aindna neste verão.

Os sistemas de compartilhamento de bicicletas de Los Angeles, San Francisco, Washington – D.C., Minneapolis, Filadélfia (EUA) e Montreal e Toronto (Canadá) também adicionaram milhares de novas e-bikes às frotas nos últimos meses.

Mesmo aqui em Massachusetts, toda a frota do sistema ValleyBike no Pioneer Valley inclui motores com pedal assistido. Mas há um grande sistema de compartilhamento de bicicletas que ainda está evitando as e-bikes por enquanto: o sistema Bluebikes da grande Boston.

A Bluebikes é operada pela Motivate, uma subsidiária da Lyft, a mesma empresa que opera o Citibike em Nova York, a Divvy em Chicago e vários dos outros sistemas listados acima.

Mas, ao contrário de alguns desses outros sistemas, a Bluebikes é propriedade conjunta das cidades de Boston, Cambridge, Somerville, Everett e Brookline. A Motivate é responsável pelas operações diárias do sistema, mas são os municípios que detém a propriedade das bicicletas e das estações.

No sistema Bluebikes, cabe às cidades e vilas comprarem as e-bikes para o sistema de compartilhamento de bicicletas públicas. E um porta-voz da cidade de Boston disse que “é improvável que adicionaremos e-bikes à frota de Bluebikes em um futuro próximo”.

Aqui estão algumas das razões da decisão das cidades em não incorporar bicicletas elétricas

1 – Eles ainda são tecnicamente ilegais em ciclovias. Segundo a lei estadual atual, as e-bikes ainda são ilegais em ciclovias como as vias Paul Dudley White ao longo do Rio Charles e do Corredor Sudoeste.

Felizmente, essa questão provavelmente será resolvida em breve: um projeto de lei aprovado no Senado do Estado de Massachusetts pretende legalizar bicicletas de pedal assistido nessas rotas populares, mas esse projeto ainda está aguardando as aprovações formais da Câmara e do governador para se tornar uma lei.

2 – Ainda é uma tecnologia relativamente não comprovada. As bicicletas elétricas são mais caras para substituir do que as bicicletas atuais e os municípios estão relutantes em gastar muito dinheiro em bicicletas que podem precisar ser trocadas em alguns meses.

O lançamento inicial de 1.000 e-bikes da Lyft na rede Citibike de Nova York foi cancelado em abril de 2019 porque os freios instalados incorretamente na primeira geração de e-bikes do sistema resultaram em ferimentos em ciclistas. Além disso, outros sistemas de e-bike e scooter também têm lutado contra o roubo de baterias.

 “Esperamos uma solução de design bem-sucedida que não apresente esses problemas, raros, mas importantes, que surgiram no passado”, escreveu um porta-voz do Departamento de Transporte de Boston (BTD) por e-mail.

3 – Eles são mais caros de operar, o que levanta questões de patrimônio. A Lyft normalmente cobra uma sobretaxa para viagens de e-bike nos sistemas que gerencia, em parte, para cobrir a logística de carregamento de baterias.

 “Sentimos que isso cria desigualdades em nosso sistema e não queremos adicionar esse custo ao que nossos passageiros já pagam por seus passes”, explica o porta-voz do BTD.  “Até que haja concordância sobre a cobertura das despesas operacionais extras relatadas é improvável que incluamos as bicicletas elétricas no sistema”.

 Operada pela Motivate, a Divvy bikeshare de Chicago também é pertence aos municípios onde oferece aluguel de bicicletas. Ela tentou resolver as questões de equidade estabelecendo um sistema complexo de preços baseado em zonas que oferece passeios gratuitos de e-bike nos bairros do lado sul e oeste da cidade .

Becca Wolfson, diretora executiva do Boston Cyclists Union e integrante do conselho do StreetsblogMASS, acredita que nenhuma dessas questões é intransponível e expressou esperança de que Boston e outras cidades do sistema Bluebikes possam apresentar em breve soluções criativas para trazer e-bikes para a região.

Para Wolfson, as e-bikes abrem oportunidades para pessoas que não se sentem confortáveis ​​ou capazes de andar de bicicleta por conta própria. Elas também oferecem uma opção para  ciclistas cobrirem distâncias mais longas com menos esforço.

“Muitas comunidades de baixa renda têm menos acesso ao transporte público e fazem viagens mais longas para acessar empregos e serviços”, disse Wolfson em uma conversa por telefone na terça-feira. “Se as e-bikes podem reduzir o tempo de deslocamento e o esforço físico necessário, isso realmente pode ajudar a reduzir as desigualdades de transporte da região de Boston … A cidade tem a obrigação de explorar isso, para fornecer outra opção de transporte mais fácil.”

Publicação original: StreetsBlog

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.

Silvia e Nina

de BICICLETA todos os dias pela cidade de São Paulo desde 1989

Bicicletismo

O primeiro site sobre bicicleta & ciclismo em Foz do Iguaçu - PR

Revista Bicicleta

Viva a bicicleta!

Emotional Cycling

Redescobrindo emoções através do ciclismo.

VIVIMETALIUN

Pensamos demasiadamente e sentimos muito pouco. Necessitamos mais de humildade que de máquinas. Mais de bondade e ternura que de inteligência. Sem isso, a vida se tornará violenta e tudo se perderá. Charles Chaplin.

Bicicletada Curitiba

A rua é de todos!

BICYCLE DUTCH

All about cycling in the Netherlands

Europe Bike Travel

Sharing Experiences traveling by bicycle.

Bike Zona Sul

Nosso norte é o Sul!

Bike aos pedaços

Notícias do mundo da bike, avaliações, informações, lançamentos, dicas e novidades

Depressão com Poesia

SOBRE SAÚDE MENTAL E POESIAS

Humberto Abdo

Repórter cultural em São Paulo

maismaismedicina

blog para a divulgação e discussão de temas médicos de interesse geral

Jornal Bicicleta

Notícias sobre cultura e mercado da bicicleta

Discover

A daily selection of the best content published on WordPress, collected for you by humans who love to read.

Longreads

The best longform stories on the web

The Daily Post

The Art and Craft of Blogging

The WordPress.com Blog

The latest news on WordPress.com and the WordPress community.

%d blogueiros gostam disto: