Escócia subsidia compra de bicicletas elétricas com fundo de 1,7 milhão de libras

O Energy Saving Trust  e o governo da Escócia anunciaram semana passada a segunda rodada de incentivo para aquisição de bicicletas e triciclos elétricos por 27 comunidades, universidades e organizações do terceiro setor. O eBike Grant Fund possui 462.000 libras esterlinas (526.925 euros) para a compra de 258 novas e-bikes, incluindo seis bicicletas elétricas de carga.

Na primeira rodada que disponibilizou 470 mil libras em junho de 2018 projetos de dezenove instituições foram atendidos. Os maiores beneficiários foram a cidade de Dundee (50 e-bikes, £ 100.000), o Wheatley Group (15 e-bikes, e o Transport for Edinburgh (37 e-bikes). Edimburgh tem meta ambiciosa de chegar em 2020 com 15% de todas as viagens a trabalho realizadas por bicicleta e 10% de todas as viagens da população. Em outubro, uma rodada extra de 250 mil libras foi anunciada.

O governo da Escócia quer eliminar os automóveis movidos a combustão até 2032 como parte do plano da Grã Bretãnha de reduzir as emissões de gás carbônico em 80% até 2050. Para isso, o governo escocês também disponibilizou 500 mil libras via Fundo de Empréstimo de Transporte de Baixo Carbono. Ele pode emprestar até três mil libras sem juros para pessoas ou organizações comprarem e-bikes ou equipamentos relacionados.

O eBike Grant Fund, no entanto, é exclusivo para organizações de saúde, projetos comunitários e organizações do terceiro setor. O foco é que elas usem as bicicletas no âmbito das atividades de rotina, tais como visitas médicas ou transporte de alimentos e documentos.

Michael Matheson, secretário de Gabinete para Transporte, Infraestrutura e Conectividade da Escócia, explicou em comunicado que o sucesso na primeira rodada de empréstimos motivou a segunda e que o governo está comprometido em promover bicicletas elétricas no país.

“Tivemos uma resposta extremamente encorajadora ao fundo, com 36 pedidos destinados a ajudar pessoas com diferentes necessidades. Foi ótimo ver pedidos de áreas rurais onde as e-bikes podem ser particularmente importantes para ajudar as pessoas a se locomoverem e percorrerem maiores distâncias do que uma bicicleta normal, potencialmente enfrentando o isolamento social, especialmente quando o transporte público é limitado”


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.