São Paulo fechou contrato para requalificar 41 km de ciclovias ao custo de R$ 7,89 milhões

Foram publicadas no Diário Oficial do Município em 16 de junho de 2020 as contratações de três empreiteiras que farão manutenções nas ciclovias de três lotes previstos no Plano Cicloviário da Cidade de São Paulo, com previsão de conclusão até 30 de setembro de 2020.

A B&B Engenharia foi contratada pelo valor total estimado de R$ 2.108.843,28 para requalificar 12,3 quilômetros de ciclovias nas zona sul e oeste constantes no Lote 1. São as ciclovias da Eliseu de Almeida, Teotônio Vilela, Afrânio Peixoto e Jorge João Saab

A Shop Signs Obras e Serviços Ltda, pegou o Lote 2, e vai requalificar 11,34 quilômetros das ciclovias da Berrini/Funchal, Rangel Pestana/Figueira, Aida, Cruzeiro do Sul, Arraias do Araguaia e Anhaia Melo. O valor estimado é de R$ 1.924.995,69.

Já a Florestana Paisagismo, Construções e Serviços, vai cuidar do Lote 3, que tem 17,96 quilômetros da ciclovia da Hélio Pelegrino, Faria Lima, Pedroso de Moraes, Professor Fonseca Rodrigues e Gastão Vidigal. Vai receber para isso, R$ 3.863.494,93.

Vale destacar que a prefeitura prometeu construir 173,5 quilômetros de ciclovias na cidade mas pouco se sabe do que já foi entregue na cidade. A última notícia oficial é de 3 de fevereiro de 2020, quando a CET informava estarem em construções conexões cicloviárias nas zonas oeste, leste e norte da cidade.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.