Grow, dona da Yellow, entra com pedido de recuperação judicial na justiça paulista

Depois de acumular dívidas de R$ 38 milhões e ficar devendo o pagamento da rescisão salarial para mais de 500 funcionários demitidos desde o início do ano, chegou ao fim a saga da primeira empresa de aluguel de bicicletas sem estações de São Paulo. A Grow, dona da Yellow e da Grin, entrou ontem, 28 de julho, com pedido de recuperação judicial na Primeira Vara de Falências e Recuperações Judiciais da justiça paulista.

De acordo com o Portal Exame, as dívidas trabalhistas somam aproximadamente 8 milhões de reais.

A empresa enfrentava dificuldades financeiras desde o ano passado com queda nos empréstimos de patinetes e bicicletas. Em janeiro deste ano, fechou operações em 14 cidades brasileiras e em junho anunciou a demissão de mais da metade dos funcionários no Brasil. Com a pandemia, a empresa atingiu o fundo do poço devido à interrupção dos serviços de aluguel de patinetes que ainda davam algum fôlego financeiro.

Em julho, ex-funcionários que não receberam verbas rescisórias fizeram um protesto na frente da sede da empresa em São Paulo
Em janeiro, a empresa anunciou encerramento das operações com bicicletas em 14 cidades

A Grow é resultado da união em 2019 da Yellow, criada pelos ex-donos da 99, Ariel Lambrecht e Renato Freitas e presidida pelo ex-presidente da Caloi, Eduardo Musa, com a Grin, empresa de patinetes de origem mexicana que também está em dificuldades financeiras naquele país. Estima-se que foram investidos R$ 150 milhões dos sócios das companhias.

Segundo o blog Startups, a companhia chegou a ter 1.360 funcionários, 910 mil usuários ativos e uma frota de 25 mil bicicletas e patinetes elétricos em 20 cidades em todo Brasil.

4 comentários

  1. Nós que compramos esse modelo de bicicleta ficamos no prejuízo,nas oficinas não conseguimos encontrar ferramentas adequadas, as peças tbm não existe nos ajudem por favor a yellow precisa saber que os prejudicados agora somos nós.

    Curtir

Deixe uma resposta para Maria Célia Cancelar resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.